Segundo os dados do CAGED, em 2021 foram criadas 2,6 milhões de vagas

O Ministério do Trabalho e Previdência, divulgou nesta terça-feira (30/11), dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged). O levantamento mostrou que o Brasil criou 253.083 novas vagas de trabalho com carteira assinada em outubro de 2021. Em 2021 foram criados 2.645.974 novos empregos formais, decorrente de 17.209.495 admissões e de 14.563.521 desligamentos.

Segundo os dados do Caged, as cinco regiões do Brasil mostraram saldos positivos no período, com a criação de vagas. Norte apresentou 8.734, Nordeste 51.455, Sudeste 121.409, Sul 52.938 e Centro-Oeste com 17.544 vagas criadas.

O Valor Data, havia previsto a abertura de 270 mil vagas no mês de outubro, porém mesmo abaixo das projeções, outubro ficou dentro do intervalo de estimativas, que ia de 206.121 a 310 mil.

Em setembro, o Brasil havia criado 313.902 empregos formais, resultado da admissão de 1.780.161 pessoas e da demissão de outras 1.466.259. 

Desemprego

Dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (PNAD Contínua), divulgada também nesta terça, pelo Instituto Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) mostram que a taxa de desocupação no Brasil recuou 1,6% do segundo para o terceiro trimestre este ano, ao atingir a marca de 12,6% nos meses de julho, agosto e setembro.

O levantamento mostra que a quantidade de pessoas que buscam emprego no Brasil também caiu, mas ainda é alto, pois 13,5 milhões estão à procura de emprego. Do outro lado, os ocupados chegaram a 93 milhões, com crescimento de 4% entre um trimestre e outro, sendo que destes 66,4% estavam empregados, 4,1% eram empregadores, 2,1% são trabalhadores familiares auxiliares e 27,4% pessoas que trabalhavam por conta própria.

CORREIO BRAZILIENSE

https://www.correiobraziliense.com.br/economia/2021/11/4967112-caged-outubro-registra-253-083-vagas-de-empregos-formais.html