Para 2022, o Banco Mundial prevê crescimento mais moderado da economia brasileira, de 2,5%