Por Chiara Quintão, Valor — São Paulo

O governo avalia mudanças na concessão de subsídios para o Casa Verde e Amarela, o programa federal de financiamento de habitação de baixa renda, com o objetivo de fomentar o programa em cidades com população de 50 mil a 100 mil habitantes, de aumentar o acesso de rendas menores aos benefícios e de elevar a participação do Norte e Nordeste no total.

“O Ministério do Desenvolvimento Regional está tentando fazer alguns ajustes para que a produção volte a ser atrativa em cidades com até 100 mil habitantes”, diz Ronaldo Cury, vice-presidente de habitação do Sindicato da Construção (Sinduscon-SP).

Em análise, de acordo com o vice-presidente do Sinduscon-SP, está a possibilidade de aumento do subsídio para a população de baixa renda em municípios com esse perfil. Não se trata, segundo Cury, de incremento, mas de remanejamento dos recursos do programa destinados à subvenção. “No ano passado, sobraram recursos para subsídio e, em 2021, podem sobrar também”, acrescenta o vice-presidente do Sinduscon-SP.

Fonte:  Valor Investte

https://valorinveste.globo.com/mercados/brasil-e-politica/noticia/2021/05/25/governo-estuda-ajustes-no-programa-de-habitacao.ghtml