Por Felipe Frisch — São Paulo

A mediana das projeções do mercado para o crescimento da economia brasileira em 2020 voltou a cair, agora de 2,10% para 2,07%, na pesquisa semanal Focus, do Banco Central, divulgada hoje com estimativas coletadas até o fim da semana passada.

Para 2019, a média das estimativas para o Produto Interno Bruto (PIB) permaneceu em uma expansão estimada em 0,87%.

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) informou, no fim de agosto, que a economia brasileira cresceu 0,4% no segundo trimestre, acima da mediana apurada pelo Valor Data junto a 31 consultorias e instituições financeiras, que apontava para alta de 0,2% do PIB.

Inflação

A projeção para o IPCA em 2019 caiu pela quinta vez consecutiva e foi fixada em 3,54%. Na semana passada, essa estimativa era de 3,59%. Para 2020 a expectativa também caiu. Nesse caso, o corte foi de 3,85% para 3,82%.

A projeção da inflação para os próximos 12 meses foi mantida em 3,5%.

Dólar

A estimativa para o dólar no final deste ano subiu de R$ 3,85 para R$ 3,87. Já para o final do ano que vem, a alta foi de R$ 3,82 para R$ 3,85.

Juros

As estimativas do mercado para a taxa básica de juros, a Selic, ao final de 2019 foi mantida em 5%, assim como a do ano que vem, que continua em 5,25%.

Valor Invest