A bolsa brasileira encerrou em queda de 3,76%, abaixo dos 70 mil pontos.

Dólar bate novo recorde

O dólar voltou a bater recordes nesta sexta-feira (3). Pela primeira vez, a moeda americana fechou cotada a R$ 5,3270, uma alta de 1,15%. O mau humor também atingiu a Bolsa de Valores de São Paulo. A B3 encerrou o pregão com queda de 3,76%, aos 69.537,56 pontos.

Com o valor, a moeda americana bateu um novo recorde. Desde o início da semana, o dólar tem se valorizado. Na segunda-feira (30) fechou negociado a R$ 5,18; na terça-feira (31(, a R$ 5,19; na quarta-feira (1º) a R$ 5,26 e na quinta-feira (2) novamente a R$ 5,26 – após atingir a cotação máxima do dia de R$ 5,28.

Porém, o patamar de R$ 5,30 foi atingido pela primeira vez nesta sexta. Apenas neste começo de 2020, a valorização do dólar já ultrapassa os 30%.

A moeda americana e a Bolsa brasileira seguem o “sobe e desce” em meio à pandemia do novo coronavírus, causador da Covid-19.

Fonte: Estadão