Imprimir PDF

Pela fórmula da PEC 241, salário mínimo seria de R$ 550,00

Se o salário mínimo tivesse sido congelado, como propõe a fórmula da PEC (Proposta de Emenda Constitucional) 241, de Michel Temer, o salário mínimo estaria hoje em R$ 550,00. Valeria, portanto, R$ 330,00 a menos em relação ao valor atual de R$ 880,00.

Quem faz a conta e mostra outras maldades da PEC, por meio de vídeo curto e didático, é o deputado federal petista Evino Bonh Gass, que é agricultor familiar e professor de história,

A se seguir a fórmula Temer para a PEC 241, em duas décadas, o Estado brasileiro terá deixado de investir R$ 700 bilhões em Saúde, Educação e Agricultura Familiar, setores afetados pelo ajuste fiscal contido na PEC. Clique aqui e assista.

Médico - O dr. Drauzio Varella, médico renomado e sem vinculação partidária, também gravou vídeo breve, no qual critica os cortes na saúde e o desmantelamento do SUS. Clique aqui e assista.



Fonte: Agência Sindical, 11 de outubro de 2016

FETRACONSPAR - Federação dos Trabalhadores nas Industrias da Construção e do Mobiliário do Estado do Paraná
Rua Francisco Torres, 427 - Centro - Cep. 80060-130 | Curitiba - Paraná | Brasil

Fone: (41) 3264-4211 | Fax: (41) 3264-4292 | Email: fetraconspar@fetraconspar.org.br