Imprimir PDF

Sindicalismo: Congresso da Confederação Sindical Internacional deverá eleger um brasileiro para a presidência

O terceiro congresso da Confederação Sindical Internacional (CSI), que começou neste domingo (18) em Berlim e vai até sexta-feira (23), deve ratificar a eleição do brasileiro João Felício para o comando da entidade. Será a primeira vez que um sindicalista do continente americano vai presidir a maior central global, com 325 filiados (incluindo CUT, Força Sindical, UGT e CNPL, confederação dos profissionais liberais) em 161 países e 176 milhões de trabalhadores na base.

 

 

Mesmo no período pós-guerra, quando o movimento sindical se reorganizou e, sob influência da social-democracia, criou em 1948 a Confederação Internacional das Organizações Sindicais Livres (Ciosl), o comando se originava sempre dos países de economias desenvolvidas. A CSI se originou da união entre a Ciosl e a democrata-cristã Confederação Mundial do Trabalho (CMT), em 2006. Fundada em 1945, a Federação Sindical Mundial (FSM), de orientação socialista, tem entre os filiados as brasileiras CTB e CGTB.

 

 

Para o congresso de Berlim, são esperados mais de 1.500 delegados de 161 países. Na abertura, estão previstos discursos do chanceler alemão, Frank-Walter Steinmeier, da administradora do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (Pnud), e do atual presidente da CSI, o alemão Michael Sommer.

 

 

As filiadas brasileiras à central se uniram em torno da candidatura de João Felício, que também teve o apoio das centrais das Américas, além de entidades africanas, asiáticas e europeias. A indicação foi feita em abril. Na sexta-feira, o congresso da CSI elege o secretário-geral e o conselho, que, por sua vez, escolhe o presidente.

 

 

O evento traz como tema "reforçar o poder dos trabalhadores" em um momento de ofensiva mundial contra direitos sociais, como constata o próprio Felício. "Eles (empresários) se unificam muito mais, são mais unidos na exploração, têm recursos para isso, se expandem com facilidade e têm uma coisa que nós não temos: o apoio da maioria dos governos."

 

 

Segundo a CSI, está prevista uma votação pública durante o congresso para eleger "o pior chefe do mundo".

 

 

 

 

FONTE: Rede Brasil Atual, 20 de maio de 2014

FETRACONSPAR - Federação dos Trabalhadores nas Industrias da Construção e do Mobiliário do Estado do Paraná
Rua Francisco Torres, 427 - Centro - Cep. 80060-130 | Curitiba - Paraná | Brasil

Fone: (41) 3264-4211 | Fax: (41) 3264-4292 | Email: fetraconspar@fetraconspar.org.br