Imprimir PDF

Em PE, alunos criam plataforma de vídeo para encontrar o 1º emprego

Após o término da faculdade, vem a busca pelo primeiro emprego. E com ela na necessidade em se destacar no mercado quando, muitas vezes, se tem pouca experiência. Pensando nisso, alguns estudantes de Ciência e Engenharia da Computação, do Centro de Informática (CIn) da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), no Recife, criaram uma plataforma que monta currículos em forma de vídeos, um diferencial para incrementar a apresentação profissional dos recém-formados na saga por uma vaga de trabalho.



“A proposta do site é que o candidato responda, em um vídeo de um minuto, à seguinte pergunta: Por que eu sou o melhor trainee pra sua empresa?", explica Filipe de Alencar Ximenes, um dos criadores do projeto Trainee World (Mundo dos Trainees). A ideia do pontapé inicial é facilitar o acesso dos jovens ao mercado. Com o recurso, o candidato pode criar um perfil profissional no site, enviar o currículo tradicional junto a um vídeo de um minuto, apresentando o seu potencial e o que considera de maior relevância em sua trajetória profissional.


Bastante utilizado em outros países, o vídeo-currículo, em geral, está em fase de aceitação no mercado brasileiro. “Temos tido reações mistas. Alguns adoram e já gravam o seu vídeo direto; outros ainda se envergonham na hora de gravar, mas gostam da ideia. Para os mais tímidos, nós temos guias e tutoriais de como gravar um bom vídeo”, diz Ximenes.



A ideia surgiu para solucionar os problemas também de empresas na hora de selecionar talentos. “Por enquanto, ainda não podemos falar em números e nomes de empresas com quem estamos negociando, mas pretendemos fechar 2012 com negócios distribuídos em Recife, no Rio de Janeiro e em São Paulo. Esperamos ter 50 mil vídeos em 2013”, conta Rafael Aguiar, outro idealizador do projeto.



No site, o usuário pode também se inscrever para uma vaga aberta, seguir uma empresa e receber as oportunidades dela ou ainda ser selecionado para uma vaga baseado em seu perfil. O serviço é gratuito, e o usuário pode fazer upload do arquivo, utilizando a plataforma de vídeo.



Para as empresas, o recurso representa uma economia de tempo e dinheiro no recrutamento de trainees e estagiários. Com o sistema, é possível filtrar os candidatos cadastrados que não se encaixam ao perfil da vaga sem a necessidade de entrevista.



“Porque a nova geração, a geração dos ‘millennials’ [geração Y, ou geração da Internet, ou dos nascidos após 1980] se comunica por vídeo. Nós sabemos nos expressar como ninguém em vídeo. Ele passa para as empresas muito mais do que um currículo de papel, através dele é possível identificar melhor se o perfil do candidato bate com o da empresa”, finaliza Aguiar.


 

 

Fonte: G1, 10 de outubro de 2012


FETRACONSPAR - Federação dos Trabalhadores nas Industrias da Construção e do Mobiliário do Estado do Paraná
Rua Francisco Torres, 427 - Centro - Cep. 80060-130 | Curitiba - Paraná | Brasil

Fone: (41) 3264-4211 | Fax: (41) 3264-4292 | Email: fetraconspar@fetraconspar.org.br