Imprimir PDF

INSS vai aceitar atestado do SUS para agilizar auxílio-doença

 

Com a retomada das atividades dos médicos peritos do INSS na segunda-feira (25), após quase cinco meses de greve, o instituto adotará medidas para agilizar o atendimento de segurados à espera da concessão de auxílio-doença. A presidente do órgão, Elisete Berchiol, informou ontem que o INSS aceitará atestados emitidos por médicos do Sistema Único de Saúde (SUS).

Mas para sair do papel, a iniciativa depende de regulamentação do governo. Os peritos cruzaram os braços no dia 4 de setembro e pelo menos dois milhões de segurados foram prejudicados em todo o país, segundo a associação da categoria. O INSS estima este número em 1,3 milhão e calcula que cerca de 830 mil pedidos de concessões de benefícios estejam represados. 

De acordo com a presidente, o INSS vai reconhecer a incapacidade e o direito ao benefício que o segurado tem sem precisar ir à agência da Previdência. Elisete explicou que a concessão do auxílio-doença vai se basear na documentação que o médico do SUS fornecer ao paciente. As informações são do jornal carioca O Dia.



Fonte: Bem Paraná 27 de janeiro de 2016




FETRACONSPAR - Federação dos Trabalhadores nas Industrias da Construção e do Mobiliário do Estado do Paraná
Rua Francisco Torres, 427 - Centro - Cep. 80060-130 | Curitiba - Paraná | Brasil

Fone: (41) 3264-4211 | Fax: (41) 3264-4292 | Email: fetraconspar@fetraconspar.org.br